Translate

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Lágrimas de mãe

À noite, após ter dado de mamar ao meu bebé, deitei-me na cama e fiquei a observa-lo enquanto adormecia na sua caminha. A C também já dormia na sua cama, no seu quarto. Mas, a certa altura, já com os olhinhos fechados, o M estendeu uma das suas mãos pelas grades, a qual não resisti em agarrar. Foi lindo ver um sorrisinho quando sentiu os meus dedos a tocarem-lhe.
Depois, quando o meu marido veio deitar-se, reparou que eu chorava em silêncio:
- Mas tu tens uns filhos maravilhosos...
Precisamente. Tenho uns filhos maravilhosos para mal os ver crescer...
Já é comum chorar em silêncio antes de deitar. Lágrimas de inconformismo. Lágrimas de tristeza. Lágrimas de quem lhe fere o passado. Lágrimas de quem teme o futuro. Lágrimas de mãe...
Toda a minha vida fiz o que os outros queriam ou esperavam de mim, à exceção de quando decidi ser mãe. Mas até esta decisão está condicionada por aquilo que os outros querem ou esperam de mim.
Quantos sorrisos perdi da minha filha, o tempo que me foi roubado em que nem sequer lhe pude dar de mamar, as quedas que deu em que não pude estar lá para a consolar...
Com o meu bebé, apesar de ter melhorado na parte da amamentação, está a passar-se o mesmo.
Isto é ter filhos para serem outros a cria-los.
Já me criticaram por dizer que gostaria de ser mãe a tempo inteiro, dizendo que o queria era ter um marido rico para poder ficar em casa "sem fazer nenhum".
Não. Eu queria viver mais para os meus filhos. Vê-los crescer, estando presente no seu dia a dia. Pois chegará o dia em que eles seguirão a sua vida e aí é que já nada mais posso fazer (uns almoços e jantares, entre outras coisas do género). Já não lhes posso dar colinho, ou enche-los de beijos, ou abraça-los sempre que me apeteça porque o seguimento natural da vida os tornou em adultos em que terão de ser eles próprios a tomar rédeas da sua vida e enfrentar as suas próprias dificuldades.
No tempo que estou com eles eu tento ser o melhor mãe possível, mas queria mais...
Limito-me a viver o dia a dia, consoante o que os outros querem ou esperam de mim, e à noite lamento-me e choro... lágrimas de mãe. 

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

As primeiras sopinhas do bebé - Sopa de couve (a partir dos 5 meses)

Receita para uma ou duas doses

Ingredientes:

1 batata média
1 cenoura
1/2 curgete pequena
3 folhas de couve

Modo de preparação:

Descasque a batata e a cenoura e corte ambas em quatro partes.
Lave bem a 1/2 curgete e corte em quatro partes.
Lave bem as folhas de couve.
Coloque tudo junto numa pequena panela ao lume com água suficiente para cobrir os legumes, e deixe ferver durante 10 a 15 minutos (para que os legumes fiquem bem cozidos!).
Passe tudo com uma varinha ou num liquidificador e, no fim, coloque um fiozinho de azeite.
Deixe arrefecer para poder dar ao seu bebé.
  • Dica 1: Pode substituir a batata por arroz, a cenoura por um pedaço pequeno de abóbora menina ou um quarto de abóbora manteiga, e a curgete por 1 batata doce pequena ou 1/2 chuchu. Se preferir, descasque a curgete (eu aproveito a casca);
  • Dica 2: Se preferir pode colocar o azeite durante a cozedura e não no final;
  • Dica 3: Guarde a sopa que sobra numa tacinha dentro do frigorífico. Depois só necessita de a aquecer um pouco antes de a dar ao bebé, preferencialmente numa panela ao lume;

terça-feira, 2 de agosto de 2016

As primeiras sopinhas do bebé - Sopa de arroz (a partir dos 5 meses)

Receita para uma ou duas doses

Ingredientes:

2 colheres de sopa de arroz
1 cenoura
1/2 cebola
3 folhas de alface

Modo de preparação:

Descasque a cenoura e corte em quatro partes.
Descasque a 1/2 cebola e corte ao meio.
Lave bem as folhas de alface.
Coloque tudo junto numa pequena panela com água suficiente para cobrir os legumes e o arroz, e ponha ao lume. Deixe a água ferver durante 15 a 20 minutos (para que o arroz e os legumes fiquem bem cozidos!).
Passe tudo com uma varinha ou num liquidificador e, no final, coloque um fiozinho de azeite.
Deixe arrefecer para poder dar ao seu bebé.
  • Dica 1: Pode substituir a cenoura por um pedaço pequeno de abóbora menina ou um quarto de abóbora manteiga, a cebola por 1 dente de alho pequeno ou 1 talo de aipo, e a alface por 3 folhas de couve ou 1/2 brócolo médio;
  • Dica 2: Se preferir pode colocar o azeite durante a cozedura e não no final;
  • Dica 3: Guarde a sopa que sobra numa tacinha dentro do frigorifico. Depois só necessita de a aquecer um pouco antes de a dar ao bebé, preferencialmente numa panela ao lume. 

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

As primeiras sopinhas do bebé - Sopa de alho francês (a partir dos 5 meses)

Receita para uma ou duas doses

Ingredientes:

1 batata média
1 cenoura
1/2 alho francês
1 dente de alho pequeno

Modo de preparação:

Descasque a batata e a cenoura e corte ambas em quatro partes.
Lave bem o alho francês e corte em 4.
Descasque o dente de alho.
Coloque tudo junto numa pequena panela com água suficiente para cobrir os legumes e ponha ao lume, deixando a água ferver durante 10 a 15 minutos (para que os legumes fiquem bem cozidos!).
Passe tudo com uma varinha ou num liquidificador e, no final, coloque um fiozinho de azeite.
Deixe arrefecer para poder dar ao seu bebé.
  • Dica 1: Pode substituir a batata por 1 batata doce pequena ou por 1/2 chuchu, a cenoura por um pedaço pequeno de abóbora menina ou por um quarto de abóbora manteiga, e o alho por um talo de aipo;
  • Dica 2: Se preferir pode colocar o azeite durante a cozedura e não no final;
  • Dica 3: Guarde a sopa que sobra dentro de uma tacinha bem fechada no frigorífico. Depois só necessita de a aquecer um pouco antes de a dar ao bebé, preferencialmente numa panela ao lume.

domingo, 31 de julho de 2016

As primeiras sopinhas do bebé - Sopa de alface (a partir dos 5 meses)

Receita para uma ou duas doses

Ingredientes:

1 batata média
1 cenoura
1/2 cebola
3 folhas de alface

Modo de preparação:

Descasque a batata e a cenoura e corte ambas em 4 partes.
Descasque a 1/2 cebola e corte ao meio.
Lave bem as folhas de alface.
Coloque tudo junto numa pequena panela com água suficiente para cobrir os legumes e ponha ao lume, deixando a água ferver durante 10 a 15 minutos (para que os legumes fiquem bem cozidos!).
Passe tudo com uma varinha ou num liquidificador e, no final, coloque um fiozinho de azeite.
Deixe arrefecer para poder dar ao seu bebé.

  • Dica 1: Pode substituir a batata por 1 batata doce pequena ou por 1/2 chuchu, a cenoura por um pedaço pequeno de abóbora menina ou 1/4 de abóbora manteiga, e a cebola por um talo de aipo;
  • Dica 2: Se preferir pode colocar o azeite durante a cozedura e não no final;
  • Dica 3: Guarde a sopa que sobra numa tacinha bem fechada dentro do frigorífico. Depois só necessita de aquecer um pouco antes de a dar ao bebé, preferencialmente numa panela ao lume.